June 11, 2015

Os 5 melhores circuitos de kitesurf do Brasil

Os 5 melhores circuitos de kitesurf do Brasil

Em busca dos ventos perfeitos? Confira 5 circuitos brasileiros para desfrutar do melhor do kitesurf, esporte que completa 30 anos em 2015. Saiba mais!

Uma prancha, um kite, o mar e a adrenalina na veia! Esse é o espírito do kitesurf, modalidade esportiva criada há exatos 30 anos por dois irmãos franceses.

Devido ao sucesso mundial, todos os anos os kitesurfistas saem em busca de ventos perfeitos e, felizmente, os brasileiros não precisam ir muito longe para encontrá-los. Afinal, nosso país tropical é considerado um dos melhores lugares do mundo para a prática.

Confira a seguir a lista que preparamos com os 5 melhores circuitos para o kitesurf no Brasil:

1. De Cumbuco a Flecheiras (CE): Top internacional

Esse circuito abarca praias para kites de tamanho médio e oferece algumas das melhores ondas para kitesurf. De agosto a dezembro, o vento é perfeito todos os dias, com rajadas de 20 a 26 nós e na direção ideal.

O principal ponto aqui é Cumbuco. Conhecida como a capital brasileira do kite, a praia fica em uma pequena vila de pescadores e tem as mais poderosas ondas do Ceará. Além disso, suas famosas dunas de areia favorecem o aumento na velocidade do vento. Na sequência você pode aproveitar Paracuru, com uma lagoa lisa e grande ruptura do recife, e Lagoinha, lugar espetacular e com boas ondas.

Na mesma região estão, ainda, a Praia do Guajiru, um dos spots internacionais devido aos ventos fortes, com rajadas que superam os 50km/h, e a lagoa de Flecheiras, onde belas tartarugas marinhas fazem a festa dos amantes de esportes aquáticos.

2. São Miguel do Gostoso (RN): A nova meca do kitesurf

Com pouco mais de 10 mil habitantes, esta região é conhecida como a nova meca dos kitesurfistas no Nordeste. As praias de água morna de São Miguel do Gostoso (a 108km ao norte de Natal) apresentam uma enorme vantagem: registram quase nove meses de bons ventos, começando em setembro, que sopram do norte para o leste em velocidade que varia 15 a 25 nós. Além disso, os primeiros 200m de água geralmente são ideais para aprendizes e freestyle.

A tranquilidade de praias, como Tourinhos, só é abalada pela chegada de centenas de turistas em busca de excelentes ondas em um lugar que, até poucos anos atrás, as únicas velas no mar eram as dos jangadeiros. O sucesso é tanto que o tricampeão mundial, Kauli Seadi, tem um clube de kite e vento em São Miguel do Gostoso.

E, em breve, os apaixonados por esportes radicais que visitarem a cidade poderão relaxar no Pure Resorts Gostoso após um longo dia de emoção e adrenalina.

São Miguel do Gostoso: nove meses ventos que sopram do norte para o leste em velocidade que varia 15 a 25 nós. Foto: Boa Vista/Reprodução

São Miguel do Gostoso: nove meses ventos que sopram do norte para o leste em velocidade que varia 15 a 25 nós.
Foto: Boa Vista/Reprodução

3. Icaraizinho a Jericoacoara (CE): Ventos desafiadores

Nesta circuito, os dias são mais longos e o vento é forte e constante, soprando com velocidade média de 29 nós. Nesta região, o desafio é conseguir longos trajetos, devido à direção e força das rajadas de vento e aos recifes ao longo da praia. Entretanto, as viagens mais curtas costumam ser espetaculares.

O circuito inclui, por exemplo, Preá, uma pequena vila de pescadores situada a cerca de 300km de Fortaleza, um ótimo lugar para experimentar kitesurf em condições de vento forte (chegam a 40 nós!). Já os amantes da águas planas podem desfrutar as enormes lagoas da Ilha do Guajiru e da Barra Grande.

4. Florianópolis (SC): Vento 250 dias por ano

Florianópolis tem uma das melhores ofertas de praias para kitesurf no Brasil, com 250 dias de bons vento por ano! A temporada ideal é na primavera (setembro, outubro e novembro), mas a topografia única da ilha, com exposição aos ventos do Atlântico, costuma oferecer excelentes condições para kite nas demais épocas.

Os destaques deste circuito ficam por conta da bela Lagoa da Conceição, uma grande lagoa de água salgada, fantástica tanto para iniciantes quanto para iniciados, e da Praia Mole, ótima opção para kitesurfistas experientes em busca de ondas perfeitas. Outros spots de kitesurf são o paraíso Campeche e a Lagoa de Ibiraquera, um dos melhores destinos do hemisfério sul, abençoado com ventos fortes e consistentes, com três lagoas separadas em cenário de tirar o fôlego.

5. Tibau do Sul (RN) – Tranquilidade para os iniciantes

As praias da região de Tibau do Sul, Pipa e Barra do Cunhaú foram invadidas pelas pipas do kitesurf, atraídas pela combinação de ventos constantes em boa parte do ano, diferentes terrenos para a prática do esporte e a infraestrutura local. Esse circuito é propício é ideal para iniciantes, com praias desertas e sem obstáculos e lagoas e rios para velejo totalmente no liso, mas também oferece boas condições para kitesurfistas experientes em busca de adrenalina.

A praia de Malembá, por exemplo, é ideal para aqueles que estão começando, por ser uma enorme praia com recifes de areia que formam uma piscina natural. Já na Barra do Cunhaú, o rio desagua no mar e forma um banco de areia, permitindo a prática de kitesurf ideal para iniciantes, intermediários e para os que gostam de velejar no liso.

Escolheu seu circuito? Agora é só colocar o kite na mala e curtir a adrenalina!

 

Tagged: , ,

Comentários (4)

    • Parabéns Upwind é muito legal ter pessoas e clubes que mantém vivo o amor ao windsurf como a Upwind. É bastante gratificante saber que minha filhinha vai poder desfrutar de um esporte maravilhoso que só agrega pessoas legais.Desejo muito anos de vida para Upwind.

  1. Cassiano

    Queria conhecer essa “Florianópolis (SC): Vento 250 dias por ano” moro aqui e com certeza a previsão não é essa. Separe umas 2 semanas aqui pra conseguir velejar uns 3 dias forçados.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Captcha *